Ir para o conteúdo

Câmara de Itaquaquecetuba e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Câmara de Itaquaquecetuba
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
22
22 FEV 2024
SESSÕES
2209 visualizações
Vereadores cobram informações sobre laqueadura no Hospital Santa Marcelina
Foto Noticia Principal Grande
Hospital Santa Marcelina não estaria realizando procedimento de laqueadura - Foto: Divulgação/CMI
enviar para um amigo
receba notícias
Câmara enviará requerimento com quatro perguntas ao Governo do Estado de São Paulo
Os 19 vereadores da Câmara Municipal de Itaquaquecetuba protocolaram um requerimento cobrando informações do Governo do Estado de São Paulo sobre o procedimento de laqueadura no Hospital Santa Marcelina. De acordo com os parlamentares, as munícipes não conseguem fazer a cirurgia na unidade e são encaminhadas para outros hospitais. A proposição foi discutida e aprovada durante a 3ª sessão ordinária deste ano, realizada no dia 20 de fevereiro.
Para a vereadora Simone Patrícia Soares (PL), a Simone do Posto, o Hospital precisa cumprir a sua parte no trabalho de colaborar com o planejamento familiar. “O município está fazendo a sua parte com a vasectomia (para os homens) e o DIU (para as mulheres), mas não temos laqueadura no Santa Marcelina. Por ser uma entidade católica, as irmãs dizem que não podem fazer, mas o Sistema Único de Saúde (SUS) tem o programa Rede Cegonha de planejamento familiar, e o Santa Marcelina deveria participar”, ressaltou.
Simone lembrou que na região do Alto Tietê, o hospital mais próximo de Itaquá é o Regional de Ferraz de Vasconcelos, mas ele oferece apenas uma vaga de laqueadura por mês, e que se o Hospital Santa Marcelina realizasse o procedimento, as moradoras de Itaquá, principalmente as mães solteiras, seriam beneficiadas.
Os vereadores fizeram quatro perguntas ao Governo do Estado e à Secretaria Estadual da Saúde: Quantos procedimentos de laqueaduras o Hospital Regional Santa Marcelina de Itaquaquecetuba realiza mensalmente?; Quantas vagas para procedimentos de laqueadura são destinadas pelo hospital para pacientes que residem no município de Itaquaquecetuba?; Que caminhos o munícipe precisa trilhar para conseguir uma vaga para procedimento de laqueadura no Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba?; e por fim, quem controla a regulação dessas vagas?
Vídeo Vinculado
20/02/2024
3ª Sessão Ordinária de 2024
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia