Ir para o conteúdo

Câmara de Itaquaquecetuba e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Câmara de Itaquaquecetuba
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
13
13 FEV 2023
SESSÕES
762 visualizações
Pela terceira vez, vereadores pedem reposição de médicos para USFs
Foto Noticia Principal Grande
Unidade do Parque Piratininga é uma das que estão com falta de médicos (Foto: Osvaldo Birke)
enviar para um amigo
receba notícias
Unidade de Saúde da Família (USF) é administrada pelo Ministério da Saúde, do Governo Federal
Pela terceira vez, em menos de um ano, vereadores pedem que o Governo Federal reponha os médicos nas Unidades de Saúde da Família (USF) de Itaquaquecetuba. A falta de profissionais tem causado transtorno à população que acessa os serviços, principalmente nos bairros Parque Piratininga, Pequeno Coração, Jardim Nicea, Jardim Miray, Jardim Josely e Jardim América.
De acordo com os vereadores David Neto (PP), que é o presidente da Câmara, e Edson Moura (PL), autores de um requerimento sobre o assunto, o Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, não tem controlado de forma correta a presença dos profissionais nas unidades, já que muitos têm o contrato encerrado, vão embora, e a vaga não é preenchida, deixando os munícipes sem atendimento.
O tema já foi tratado outras duas vezes em sessões ordinárias no ano passado, mas até o momento não houve resposta para Itaquaquecetuba. Os parlamentares ainda sugerem que, se o Governo Federal – que é quem administra as USFs – não conseguir repor os profissionais, que repasse a verba ao município para que as vagas sejam preenchidas pela Prefeitura.
Segundo os vereadores, munícipes que eram atendidos em suas residências por alguns médicos das USFs tiveram as consultas interrompidas pela falta de profissionais e isso acarretou prejuízos na saúde destes pacientes.
O requerimento foi lido e aprovado na Câmara Municipal de Itaquaquecetuba durante a 1ª Sessão Ordinária deste ano, realizada na última terça-feira (07/02), e será encaminhado ao Ministério da Saúde.
Vídeo Vinculado
07/02/2023
1ª Sessão Ordinária de 2023
Áudios Vinculados
1ª Sessão Ordinária de 2023
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia