Ir para o conteúdo

Câmara de Itaquaquecetuba e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Câmara de Itaquaquecetuba
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
30
30 JUN 2023
CÂMARA
4328 visualizações
Itaquá lança programa habitacional ‘Lote Social Urbanizado’
enviar para um amigo
receba notícias
Projeto de lei vai para aprovação da Câmara Municipal
A Prefeitura de Itaquaquecetuba, por meio da Secretaria de Habitação e em parceria com a Câmara Municipal, lançou o programa Lote Social Urbanizado, que tem por objetivo diminuir o déficit habitacional na cidade e fazer o reassentamento das populações de baixa renda em áreas de risco ou impróprias para habitação.
A ideia é que terrenos ociosos sejam divididos em lotes que serão sorteados e distribuídos por 99 anos como uma concessão para que os beneficiários possam, em sistema de mutirão, construir sua casa. O projeto de lei será encaminhado para aprovação da Câmara.
“Com a emissão do auto de conclusão de obra, os beneficiários serão convocados para a assinatura do contrato de concessão do direito real de uso, tendo assim sua moradia digna na cidade”, explicou o vereador David Neto, um dos idealizadores do projeto junto à secretária de Habitação, Angela Quirino.
Para participar, os interessados terão de cumprir requisitos como ter renda familiar de um a cinco salários mínimos ou estar inserido em programas de transferência de renda. “Itaquaquecetuba alcançou um patamar elevado no desenvolvimento de política habitacional. Fomos tomados pela vontade de transformar a vida das pessoas”, acrescentou a secretária.
“Antigamente, toda produção habitacional subia os apartamentos, a construção levava de um a dois anos, para depois fazer o sorteio. Sabe como vai ser o sorteio agora? Antes, para ninguém ser enganado no final”, destacou o prefeito Eduardo Boigues durante o anúncio feito com a participação de 4 mil pessoas.
 
Consórcio G-URB promove reuniões sobre regularização fundiária
 Ainda nesta semana, duas reuniões foram realizadas com o consórcio G-URB, na Câmara Municipal, para o andamento da regularização fundiária de 14 núcleos, sendo eles: Jardim Gonçalves, Avenida IV Centenário , Chácara Paciência, Vila Passalacqua, Rua Petrópolis, Vila São Roberto, Rua Uruguaiana, Carmo Lanzetta, Vila Gepina, Vila Monte Belo, Jardim Nossa Senhora d’Ajuda, Jardim Santa Helena, Vila Sarney e Vila Ferreira.
A reunião teve como objetivo prestar contas e esclarecer as dúvidas de moradores dos núcleos. “A regularização fundiária é um dos programas que compõem a política habitacional da atual gestão e estamos empenhados em levar qualidade de vida e segurança jurídica para a população”, finalizou a secretária de Habitação.
Durante o processo, técnicos das empresas contratadas vão percorrer os bairros, coletando informações sobre as construções, serviços de infraestrutura e saneamento. Para finalizar, cada morador receberá o título de propriedade do imóvel, permitindo que as construções sejam regularizadas.

Texto da Prefeitura de Itaquaquecetuba
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia